sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Rituais e Prática diária - dia 10

Ritual, algo que se faz com uma certa frequência, algo rotineiro. Lembro-me de um poema - não me lembro bem se é de Simone Beauvoir ou se era de Albert Camus, que tratava dos nossos "rituais diários", aquilo que fazemos todos os dias, marcando nossa existência, mas quase nunca prestamos atenção a eles, como trocar de roupa para o trabalho, escovar os dentes... Ritual não é, como o senso comum imagina, algo extraordinário, pois ele faz parte da nossa rotina, seja na sazonalidade dos rituais da roda do ano, seja na prática diária. Por isto, é impossível falar em Práticas diárias, sem falar em rituais, pois uma coisa acaba remetendo a outra.

E falar em práticas diárias implica em colocarmos o manto branco dos druidas em tempo integral! Só porque não estamos em uma floresta, celebrando uma cerimonia sazonal, isto não significa que deixamos de ser druidas! O somos em todos os momentos de nossa vida! O sacerdócio é uma marca indelével, que não sai só porque estamos indo para uma festa, ou viajando a passeio, ou indo trabalhar. Somos sacerdotes, do momento em que assumimos esta responsabilidade (olha a Honra aparecendo de novo), até o final de nossos dias! Tornar nossas vidas uma prática ritualística, como o sacerdócio exige, é difícil, é complicado muitas vezes, mas não impossível! O problema é que todos querem as cerimonias, as pompas, mas fogem dos deveres! Vejo não só em algumas pessoas que querem trilhar o caminho do druidismo, mas no paganismo em geral, a mentalidade de que é "a religião quem deve se moldar ao homem, e não o homem que deva se moldar a religião". Confundem a liberdade pagã, com "alvará para não fazer nada"... E se esquecem que um dia, isto lhes será devidamente cobrado! Um sacerdócio, meus caros, exige uma postura rígida de nós mesmos... Sim, somos realmente livres, pois escolhemos este caminho, mas temos de ter consciência de que a partir do momento em que fizermos esta escolha, temos que arcar com o ônus e o bônus do sacerdócio! Achar que só ter fé, vai mover a montanha, é dar corda para a preguiça! Fé é bom... Mas sem prática, é vazia de significado!

Dizem os que trabalham com as linhas mágicas, que se não houver prática diária, a magia não funciona! Sem a função rotineira do ritual, qualquer cerimônia vira apenas uma representação teatral que carece de essência... Pode até ser bonito de se ver, mas jamais conseguirá transmitir seu real significado! Por isto, muitos que iniciam sua jornada no paganismo, desistem logo na primeira dificuldade, no primeiro obstáculo. Lembro-me de uma vez, quando uma pessoa pediu para iniciá-lo, que lhe disse o que ocorreria durante todo o ritual de iniciação. Ele discordou de um ponto do ritual, e exigiu que não se fizesse aquilo, ou ele não iria se iniciar, pois bem, hoje ele foi iniciado na wicca, mas não segue, não pratica. Quando as pessoas insistem em querer moldar a religião ao que elas querem fazer, acaba-se perdendo a essência do religare, pois a religião não cumpre com a sua função de ligar o homem a Divindade, pois nem o homem quer realmente se ligar a algo, e nem a Religião estará ligada ao Divino, pois o interesse maior dela é angariar fiéis, e não ligá-los a algo maior!

Por isto, digo a todos que por ventura queiram começar sua jornada... Tudo na vida tem seu ônus e ônus...querer um sem querer o outro? Melhor desistir, pois não será possível! Ou a pessoa se molda a religião, pratica diariamente aquilo que ela segue, ou aquilo, no final das contas, será falso para ela e para os demais. Pensem nisto!

2 comentários:

  1. achei muito interessante o texto. e concordo com a pratica diaria. daquilo que queremos ouvir e acreditar, nao é facil mais temos que tentar de coracao. podemos em alguns momentos errar se enfraquecer mais o importante e nunca desistir..nao é... facil nao é nada é facil....

    ResponderExcluir
  2. Vivemos em uma sociedade onde o que vale é o minimo esforço...as antigas praticas exigiam esforço demais para nossos padrões, onde é mais fácil comprar "fórmulas miojo", que basta água e três minutos e está pronto, do que batalhar diariamente pelo que se quer...
    Obrigado mesmo por ter gostado do teto!E acompanhe os próximos, e os outros 30 Dias Druídicos, dos meus demais colegas!
    AWEN

    ResponderExcluir